Projeto de observação de cetáceos a partir de terra

lookouts vigias futurismo azores

Hoje reiniciámos o nosso projeto de observação de cetáceos a partir de terra. Significa isto que o biólogo está a acompanhar um vigia experiente para compilar mais dados estatísticos.

Às vezes, os barcos não saem ou cobrem outra área ou não conseguem chegar a todas as espécies, portanto, informações importantes podem ser coletadas desta forma. Por isso aproveitámos para ir à Costa Norte da ilha de São Miguel onde o mar estava bastante calmo.

Escolhemos quatro localizações diferentes começando num miradouro com uma torre de vigia da Futurismo em Capelas, as seguintes foram ao ar livre como o miradouro do Pico Vermelho na Bretanha, depois em Mosteiros na Pedra Queimada e por último perto da Capela de João Bom.

Passámos por mais alguns locais potenciais que tivemos de descartar devido à visibilidade limitada ou inexistente. Dependendo da altura e das condições meteorológicas, pode haver uma grande diferença. Hoje conseguimos ver bem a área costeira, mas não muito mais do que 11 quilómetros, portanto não é de admirar que não conseguimos localizar mergulhadores de águas profundas, mas conseguimos detetar três grupos de golfinhos comuns junto com aves marinhas.

Não é fácil encontrar os animais no meio do azul, mas é uma grande satisfação testemunhar os seus comportamentos à distância, e os repetidos saltos e respingos.

Saiba mais sobre a tradição dos vigias aqui nos Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like