Orcas e cachalotes

Mais um dia cinzento com certeza, mas mais uma viagem incrível. Quando saímos da marina esta manhã a indicação do nosso vigia veio alto e bom som, uma família de orcas muito perto de Ponta Delgada esperava-nos.

Chegando ao local, a enorme barbatana dorsal de um macho adulto fora d’água chamou-nos a atenção, imponente e majestosa, impossível de se confundir com outra coisa, deixou todos emocionados e ansiosos por mais (a barbatana dorsal de um macho adulto pode alcançar perto de 2m)

Estes primeiros animais eram machos, um adulto e um jovem ambos muito calmos e relaxados, e não demonstravam muito interesse em nós, um pouco mais a oeste estava a maior parte do grupo, as fêmeas e as crias, e estes ao contrário dos machos, estavam num estado de espírito muito ativo aproximando-se do barco com muito interesse, permitindo-nos ter um encontro muito próximo com estes predadores, também conhecidos por baleias assassinas.

Deixando as belas orcas para trás, continuámos a nossa viagem rumo a sudeste para tentar encontrar os nossos heróis locais, os cachalotes, e não poderíamos ter pedido um show maior! Para onde olhávamos havia um sopro, permitindo-nos ver muitos deles com comportamentos mistos já que o grupo estava um pouco espalhado, alguns viajavam bem rápido, outros iam em mergulhos de alimentação, ou seja, mais algumas caudas no nosso catálogo de identificação, e mais um pequeno passo para descobrir mais sobre estes animais.

No regresso a Ponta Delgada depois de uma viagem muito gratificante, ainda tivemos a oportunidade de avistar um grupo de golfinhos riscados , os primeiros do ano, mas como estes tendem a nadar a um ritmo muito rápido e mudam frequentemente de direção não foi fácil obter uma imagem nítida destes golfinhos indescritíveis, mas todos voltaram para casa com uma manhã muito bem passada e uma história incrível para contar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like