Avistamentos de cetáceos agosto 2021

Agosto deu-nos grandes alegrias Dizem que o tempo passa rápido quando estamos ocupados e isso não poderia ser mais verdadeiro. Parece que agosto começou na semana passada, mas o mês mais movimentado do ano já terminou, e deixámo-lo para trás com um grande sorriso no rosto.

O clima neste verão foi exatamente o que gostaríamos que fosse. Mutável, como é próprio em São Miguel, com sol e vento para fazer uma boa viagem. Isso permitiu-nos sair em 28 dos 31 dias e isso é algo que nos deixa muito felizes! Depois das boas condições meteorológicas, tivemos também muitos curiosos, que confiaram em nós e reservaram uma viagem connosco, e um monte de animais diferentes, que estão a povoar as águas açorianas. Com essas três coisas juntas, o nosso verão foi inesquecível!

Em agosto, pudemos ver 9 espécies diferentes de cetáceos: golfinhos comuns (Delphinus delphis), golfinhos pintados do Atlântico (Stenella frontalis), golfinhos roazes (Tursiops truncatus), golfinhos riscados (Stenella coeruleoalba), golfinhos de Risso (Grampus griseus), baleias-de-bico (Mesoplodon spp.), cachalotes (Physeter macrocephalus), baleias sardinheiras (Balaenoptera borealis) e baleias de Bryde (Balaenoptera edeni).

Os golfinhos pintados do Atlântico foram as espécies mais avistadas do mês – quase todos os dias – seguidos por cachalotes, roazes e golfinhos de Risso. Na primeira parte do mês baleias sardinheiras e golfinhos riscados nadaram por São Miguel e tivemos a sorte de fazer algumas observações fantásticas! Por último, mas não menos importante, a baleia de Bryde e as baleias de bico também foram avistadas em agosto.

O verão é a época perfeita para observar golfinhos e os nossos avistamentos neste mês, confirmaram isso! Nesta época do ano as nossas espécies residentes ganham a companhia dos golfinhos pintados e riscados, pudemos ver muita socialização, um grupo de recém nascidos e também acasalamentos. Com certeza teremos muitos bebés no próximo ano! Em relação aos recém-nascidos, o destaque do mês seria com certeza o nascimento de um cachalote, que pudemos observar! Tivemos muita sorte de estar no lugar certo à hora certa!

O Oceano Atlântico não é apenas o lar de um grupo diversificado de cetáceos, mas também de muitos outros animais! No mês passado, peixes voadores, tartarugas comuns, mobulas tarapacana (uma espécie de peixe da família Mobulidae) tubarões-martelo, atuns e caravelas foram avistados na água. Quase todos os dias, os nossos barcos eram acompanhados por cagarros, garajaus e gaivotas de patas amarelas, e também frulhos, almas negras, rolas do mar e pombos comuns estavam por aí neste verão.

Os meses de verão podem ser cansativos e podem consumir toda a nossa energia, mas ao mesmo tempo dão-nos muito em troca! Fazer as pessoas felizes, ajudá-las a realizar o sonho de toda a vida de ver o seu animal favorito ou apenas partilhar alguns momentos preciosos juntos no barco são coisas que enchem os nossos corações de satisfação e gratidão.

Como Christopher McCandless disse uma vez: “A felicidade só é real quando é partilhada.” O nosso planeta tem muitos lugares lindos e tesouros escondidos, que estão à espera de ser explorados e apreciados. E o que poderia ser melhor do que partilhar a nossa felicidade com os outros, e não apenas guardá-la para nós mesmos?

Se isso faz algum sentido para vocês, juntem-se a nós na próxima vez e vamos partilhar a felicidade juntos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like