O mesmo cachalote visto nos Açores e nas Bahamas

Cauda de um cachalote observado nas Bahamas e no Açores

Há uns dias recebemos uma notícia entusiasmante por email. O assunto era “WHOOHOO!!” Ficámos imediatamente curiosos e muito felizes com este conteúdo.

O mesmo cachalote avistado por nós nos Açores foi registado nas Bahamas. Foi encontrada a primeira correspondência de um cachalote observado nas Bahamas em 2006 e dez anos depois, em 2016 e 2017, foi identificado nos Açores pela Futurismo!

A Futurismo partilha fotos de cachalotes com Lisa Steiner desde 2009 e esta colaboração já resultou em correspondências entre os Açores e a Noruega, outras áreas da Macaronésia ou até mesmo no Golfo do México, como por exemplo, a primeira correspondência transatlântica de um cachalote observado em 2002 no Golfo do México e nos Açores em 2017.

Desta vez, algumas fotos de cachalotes tiradas pela Futurismo em 2016 e 2017 durante as viagens de observação de cetáceos em São Miguel correspondem a fotos tiradas nas Bahamas em 2006 pela Bahamas Marine Mammal Research Organization! A mais de 3000 milhas de distância!

Como podem ver, cada viagem para o mar dá-nos novas oportunidades para descobrir mais sobre a natureza e os seus segredos. Continuamos a trabalhar para que a ciência e a natureza caminhem juntas. Os cachalotes não conhecem fronteiras!

O mesmo cachalote foi visto nos Açores e nas Bahamas em períodos de tempo diferentes
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You May Also Like